Diagnóstico Padronizado: DPEF456

Identifique lacunas da aprendizagem e avalie alunos do 4º ao 6º ano

 

O teste

O DPEF456 é uma avaliação educacional padronizada destinada a alunos de 4º a 6º ano. Essa avaliação é norteada por uma matriz específica e os resultados são projetados em escalas preestabelecidas. O levantamento desses dados tem como finalidade subsidiar o trabalho pedagógico, dando instrumentos que auxiliem na tomada de decisões que a escola fará em busca de melhorias no processo de ensino-aprendizagem.

O que avalia

 

O DPEF456 tem como objeto de avaliação habilidades definidas em uma matriz específica para cada área (Língua Portuguesa e Matemática). A escola recebe materiais de apoio (guias de aplicação, atividades não avaliativas e documentos de fundamentação teórica) e instrumentos de avaliação. As habilidades exploram objetos de conhecimento específicos para o ano/série e um cruzamento entre dois eixos cognitivos:

Domínio de conteúdo
Mobilização de conhecimento

Por que utilizar

O Diagnóstico Padronizado permite, a partir dos resultados obtidos, que a equipe gestora e os professores tracem diagnósticos e criem estratégias para a melhoria do ensino. Essa avaliação pode tornar-se, se bem utilizada, excelente instrumento de gestão nas diferentes instâncias da escola.

avaliação educacional

Estrutura

Os instrumentos avaliativos do DPEF456 consistem em provas contendo itens de múltipla escolha, além de itens de produção de texto e de oralidade, esses dois últimos no caso de Língua Portuguesa.

Assim se apresentam os instrumentos avaliativos do DPEF456:

  • Matemática: prova com 24 itens de múltipla escolha, com três alternativas cada
  • Língua Portuguesa – Leitura: prova com 24 itens de múltipla escolha, com três alternativas cada
  • Língua Portuguesa – Escrita: 02 itens de produção de texto
  • Língua Portuguesa – Oralidade: atividade apoiada por protocolos diversos que orientam a coleta de dados em uma dada  situação comunicativa.
avaliação educacional

O que a escola recebe

Ao final de processo de aplicação das provas, essas são devolvidas para Primeira Escolha que irá fazer a leitura óptica e realizar o tratamento dos dados e apresenta-los, por meio de relatórios, os resultados da escola. A escola recebe os seguintes relatórios:

  • Relatório analítico: destinado aos educadores, tem caráter quantitativo; os resultados são organizados por meio de gráficos diversos que indicam o desempenho dos alunos;
  • Relatório pedagógico: também destinado aos educadores, tem a finalidade de fornecer apoio para a interpretação pedagógica dos resultados, os quais são organizados por área. Nesse relatório, ainda são disponibilizados exemplos de itens que compuseram a avaliação.
  • Relatório individual de resultados: destinado ao aluno, contém informações sobre o seu desempenho na avaliação.

Período de aplicação

Por tratar-se de uma avaliação de caráter diagnóstico, as provas são aplicadas início do ano, no mês março, de forma que a escola tenha tempo hábil, ao receber os resultados, para discutir os resultados e implementar ações de melhoria no mesmo ano que ocorreu a avaliação. 

 

 

 

 

Tem interesse no DPEF456?
Preencha o formulário ao lado
e entraremos em contato.